Alegando falta de pagamento da prefeitura, empresa fornecedora arranca os paralelepípedos da rua

  • Postado por: Universo

  • Data de publicação: 22/08/2018 12:35:00

  • Atualizado em: 22/08/2018 12:35:00

  • 1 visualizações



    Um fato de certo modo inusitado aconteceu na cidade de Feira de Santana-BA, quando uma empresa foi até uma rua recém pavimentada e arrancou toda pedra de paralelepípedo usada no calçamento de uma uma estrada de Terra Dura, localidade de Alecrim.
    De acordo com o Site Acorda Cidade, a estrada de calçamento está parada desde o mês de junho e moradores informaram que a empresa responsável por executar a obra fez apenas alguns metros e parou, por que não pagou ao fornecedor, que foi ao local e utilizou quatro caçambas para recolher o material que seria utilizado na obra.
    O morador Antônio Oliveira informou que a obra está parada desde o período do São João, em Junho. “Desse período pra cá não fez mais nada. Eles dizem que parou porque estava esperando chegar mais material e que a empreiteira recebeu da prefeitura e não pagou o fornecedor”, afirmou.
    Prefeitura nega
    A assessoria de Comunicação enviou uma nota afirmando que não há “falta de pagamento” por parte da Prefeitura de Feira de Santana, em relação a obra realizada na estrada da comunidade conhecida como Terra Dura, zona rural do município.
    De acordo com a nota, “na verdade, a empresa licitada para realizar o trabalho recebeu o que é de direito. Uma fornecedora de material, contratada por ela, é que alega estar com pagamento atrasado.
    A Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Município está adotando as medidas legais para substituir a empresa. A segunda colocada no processo licitatório está sendo chamada a assumir o restante do serviço.
    A Prefeitura suspendeu, como determina a legislação, o repasse de uma parcela do pagamento contratual, para a empresa, uma vez que esta necessitaria fazer ajustes na etapa da obra que chegou a ser cumprida. Mas o Município nada tem a ver com atraso da construtora junto a seus fornecedores.

    Fonte: CN | informações Acorda Cidade

    
    
    %d blogueiros gostam disto: