Baixa Grande
26/09/2018 19:02:00
14

Paulo Ricardo
Baixa Grande / BA

APLB Sindicato de Feira de Santana menciona Baixa Grande como bom exemplo no pagamento do Precatório do FUNDEF

Servidores da Educação na cidade de Feira de Santana paralisaram suas atividades por 24h nesta terça-feira, 25 de setembro de 2018, eles ocuparam a sede da prefeitura e cobrava o pagamento do precatório, recurso liberado pelo Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério).

O movimento teve como objetivo tentar sensibilizar o prefeito Colbert Martins a negociar o pagamento com a categoria.

Em entrevista ao site Acorda Cidade os servidores mencionou Baixa Grande como uma cidade exempla que já começou a pagar o precatório, “como em Baixa Grande, que já começou a pagar à categoria e a gente não entende por que tanta resistência do prefeito Colbert”, afirmou o educador.

Os depósitos nas contas dos servidores iniciaram na ultima sexta-feira (21), ao todo serão depositados, R$ 6.091.086,55, sendo R$ 4.568.314, 91 para servidores do magistério da educação básica e R$ 507.590,55 para não docentes (Merendeiras, Porteiros, Motoristas, etc.).

Fonte: Bacia do Jacuípe


Comentários