APLB Sindicato de Feira de Santana menciona Baixa Grande como bom exemplo no pagamento do Precatório do FUNDEF

  • Postado por: Universo

  • Data de publicação: 26/09/2018 19:02:00

  • Atualizado em: 26/09/2018 19:02:00

  • 4 visualizações



    Servidores da Educação na cidade de Feira de Santana paralisaram suas atividades por 24h nesta terça-feira, 25 de setembro de 2018, eles ocuparam a sede da prefeitura e cobrava o pagamento do precatório, recurso liberado pelo Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério).

    O movimento teve como objetivo tentar sensibilizar o prefeito Colbert Martins a negociar o pagamento com a categoria.

    Em entrevista ao site Acorda Cidade os servidores mencionou Baixa Grande como uma cidade exempla que já começou a pagar o precatório, “como em Baixa Grande, que já começou a pagar à categoria e a gente não entende por que tanta resistência do prefeito Colbert”, afirmou o educador.

    Os depósitos nas contas dos servidores iniciaram na ultima sexta-feira (21), ao todo serão depositados, R$ 6.091.086,55, sendo R$ 4.568.314, 91 para servidores do magistério da educação básica e R$ 507.590,55 para não docentes (Merendeiras, Porteiros, Motoristas, etc.).

    Fonte: Bacia do Jacuípe

    
    
    %d blogueiros gostam disto: