Com o tema Quer casar comigo? a Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Cartório de Registro Civil de Ipirá, estará realizando no próximo dia (07) de dezembro o primeiro casamento coletivo do município.

  • Postado por: Universo

  • Data de publicação: 03/10/2018 21:01:00

  • Atualizado em: 03/10/2018 21:01:00

  • 3 visualizações



    Com o tema Quer casar comigo? a Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Cartório de Registro Civil de Ipirá, estará realizando no próximo dia (07) de dezembro o primeiro casamento coletivo do município.
    A ideia partiu do secretário de Assistência Social, Osmar Souza Lima e Silva, após constatar a grande quantidade de casais que moram juntos e que nunca formalizaram a união conjugal perante a lei.
    Acompanhe abaixo as informações necessárias para a realização deste que será um grande evento social.
    Locais de habilitação:
    • De 17/09 a 16/11/2018 no cartório de registro civil das 08h as 14.
    • Dia 01,02 e 03 de outubro de 2018 das 08h às 12h no CRAS da Várzea.
    • Dia 08,09 e 10 de outubro de 2018 das 08h às 12h no CRAS do Jaguarão.
    Data e local do evento:
    • Dia 07/12/2018 (Sábado)
    • Centro Cultural Enófilo Marques

    Documentação:
    Os casais que desejarem se habilitar deverão apresentar os seguintes documentos:
    • Certidão de nascimento – para os solteiros ou que convivem em união estável;
    • Certidão de casamentos com averbação do divórcio ou separação – para os que já foram casados no civil;
    • Certidão de óbito – para os viúvos;
    • Comprovante de residência – contas de água ou luz em nome dos nubentes ou seus pais;
    • RG
    • CPF

    Obs: O regime de bens adotado pelos casais que desejarem celebrar o casamento será o da comunhão parcial de bens a fim de evitemos despesas com a confecção de escrituras.
    • O casamento será celebrado apenas no civil.

    “A nossa intenção com isso, é fazer com que esses casais tenham seus direitos reconhecidos por lei e que se sintam amparados, quando na falta de um deles” disse Osmar.

    Fonte: Caboronga Notícias com informações da Secretaria de Assistência Social

    
    
    %d blogueiros gostam disto: