Baixa Grande
03/07/2018 21:59:00
8

Paulo Ricardo
Baixa Grande / BA

Em Pé de Serra Familiares e amigos cobram por justiça pelo assassinato de Ienata que completou 2 anos sem respostas

O caso que mais abalou ao mesmo tempo as cidades de Pé de Serra (terra natal) Riachão do Jacuípe e Conceição do Coité onde trabalhava, foi o da professora Ienata Pedreira Rios, brutalmente assassinada dentro de suacasa no dia 03 de julho de 2016, completando nesta terça-feira, 2 anos.
Em primeiro de dezembro prestes a completar cinco meses, o caso Ienata foi pauta de audiência com secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, solicitada pela deputada Neusa Cadore, mas até o momento, nenhuma resposta e seus amigos e familiares não desejam que caia no esquecimento definitivamente e lançaram o outdoor com a foto dela.
Dois anos de um crime bárbaro e sem nenhuma solução. O delegado Sérgio Vasconcelos que estava a frente das investigações, meses depois foi transferido da delegacia de Riachão do Jacuípe e não se sabe qual a situação atual desse crime bárbaro.

Fonte: Calila Notícias


Comentários