Uma semana após INEP divulgar que a qualidade de Ensino em Baixa Grande vem caindo, APLB quer liberação de servidores para campanha eleitoral

  • Postado por: Universo

  • Data de publicação: 14/09/2018 11:15:24

  • Atualizado em: 14/09/2018 11:15:24




  • É normal e legitimo que todas as categorias procurem ocuparem cadeiras nas casas das leis (Legislativo), o que não é normal quando essa luta seja feita usando o tempo que deveriam estar em seus postos de trabalhos.

    Na tarde desta quinta-feira, 13 de setembro de 2018, diretores da APLB sindicato de Baixa Grande postou cópia de um oficio comunicando a Secretaria de Educação que na próxima quarta-feira, dia 19 às 14h os servidores estarão participando de uma reunião com um candidato a deputado estadual pelo PC do B, Rui Oliveira.

    O que chama atenção é que essa reunião será feita exatamente em dia letivo onde os servidores deveriam estar em seus postos de trabalho. Outro ponto no documento é que afirma que o Professor Rui Oliveira é Coordenador Geral da APLB Sindicato, no entanto pela lei eleitoral todos os candidato deve ter sua desincompatibilização 4 meses antes do dia da eleição de todas as entidade não governamentais, ou seja Rui Oliveira não é Coordenador da APLB, o mesmo está afastado interinamente.

    Esta não é a primeira vez que a APLB Sindicato de Baixa Grande tenta vender “gato por lebre”, em abril deste ano a mesma convocou os servidores para falar sobre o Precatório, ao chegar ao encontro foi para apresentação de Rui Oliveira como pré-candidato representando a APLB Sindicato.

    Desde 2011 o município não alcança a meta projeta pro IDEB nas séries finais, mesmo assim a entidade demonstra pouca ou nada de preocupação com o melhoramento na educação municipal.

     

     

    Fonte: Bacia do Jacuípe